>> CPFL Jovem Geração é a frente de trabalho do Instituto CPFL que apoia projetos inspiradores para a construção de um futuro melhor para as próximas gerações. Por meio da música, da cultura, da literatura e do esporte, o a frente apoia o futuro de crianças e adolescentes com de iniciativas integram jovens às suas comunidades, procurando reduzir as vulnerabilidades sociais. Na temporada de 2021, a frente engloba o trabalho com 123 instituições parceiras em 29 diferentes cidades.

Conheça um pouco sobre os projetos da frente:

__ __ __

Siga-nos nas redes sociais:
Instagram
Facebook
Twitter
LinkedIn

Inscreva-se em nosso canal no
Youtube

conheça os projetos que fazem parte deste programa:

  • Instituto Anelo

    música que transforma

    Criado em 1997, o Instituto oferece aulas gratuitas de música na região noroeste de Campinas, com enfoque socioeducativo e cultural, contribuindo para o desenvolvimento integral de crianças e adolescentes por meio da música. Ao longo desses 17 anos de existência, já passaram pelo Instituto Anelo 3.500 alunos, sendo muitos deles, hoje, professores e músicos profissionais.

    Saiba mais em anelo.org.br 

  • Orcampi/IVCL

    esporte que transforma

    Com o objetivo de contribuir para a democratização do esporte através da prática do atletismo, o projeto oferece oportunidades de transformação social para crianças e adolescentes em situação de risco na cidade de Campinas. Ao proporcionar uma perspectiva de carreira no esporte, a iniciativa promove o exercício da cidadania, aumenta a qualidade de vida e desenvolve o talento desportivo dos beneficiários.

    Saiba mais em ivcl.org.br 

  • Carreta Literária

    iniciação à leitura

    A Carreta Literária é uma biblioteca itinerante que conta com um acervo de 500 livros, promovendo a leitura e formação de leitores. Durante 1 ano, a carreta fica cerca de uma semana em escolas municipais da cidade, na qual os professores têm a oportunidade de desenvolver projetos voltados às práticas de leitura com os alunos. Além dos livros, a carreta também conta com jogos, marionetes e um catálogo com informações sobre o acervo dividido em tópicos e idade. Depois de um ano, a carreta e os livros são doados para o município, que fica responsável pela gestão e continuidade do projeto.

  • Entidades Sociais e Projetos de Contraturno Escolar

    energia que transforma

    Através dos Fundos Municipais da Criança e do Adolescente e de Projetos de IR e ICMS, apoiamos instituições e ONG’s que realizam projetos nas áreas de cultura e esporte voltados a crianças e adolescentes, promovendo a transformação social através de oficinas no contraturno escolar, contribuindo para a redução dos níveis de vulnerabilidade social. Conheça as instituições que receberam investimentos neste ano:

    • Lona das Artes

      Campinas (SP). Projeto de circo, dança, teatro e brincadeiras sociais de circo que beneficiam 150 crianças e adolescentes.

    • Instituto de Compromisso com o Desenvolvimento Humano (ICDH)

      Bebedouro (SP). Projeto de dança contemporânea, balé, esporte e desenvolvimento educacional que oferecem apoio na geração de renda e profissionalização, beneficiando 100 crianças e adolescentes.

    • Ação Social de Amparo

      Amparo (SP). O projeto proporciona aulas de Futebol e tutoria voltados ao apoio psicossocial para 125 crianças e adolescentes.

    • Crescer no Campo

      Espírito Santo do Pinhal (SP). Projeto de horta, produção de mudas, atividades laboratoriais e educação ambiental para 110 crianças e adolescentes.

    • Educando pelo Esporte

      Piracicaba (SP). Esporte e Cidadania: o projeto investe no desenvolvimento de potencialidades, através de aulas de futebol e oficinas de música.

    • Sociedade Humana Despertar

      Sumaré (SP). Este projeto promove oficinas de circo e dança para a população local, atingindo um público com poucas oportunidades sociais, beneficiando 267 crianças e adolescentes.

    • Grupo Tumm

      Mococa (SP). Projeto de esportes e oficinas psicossociais para promover a participação social. Beneficia 100 crianças e adolescentes.

    • Centro de Estudos do Menor e Integração na Comunidade (CEMIC)

      Lins (SP). Educação Complementar buscando um desenvolvimento social: através de oficinas de música e coral, o projeto visa a integração de crianças e adolescentes dos bairros mais vulneráveis do município a fim de diminuir os índices de violência.

    • Instituto Brasileiro Jornada Ecológica (IBRAJE)

      São Roque (SP). Projeto que incentiva a educação ambiental e práticas esportivas para crianças do município, beneficiando 100 crianças e adolescentes.

    • Associação Beneficente Irmã Dulce (ABID)

      Indaiatuba (SP). Projeto que realiza oficinas de dança gratuitas para crianças e adolescentes com atuação dos alunos e demais artistas em um festival de dança gratuito para o público. Beneficia 80 crianças e adolescentes.

    • Associação Cultural Artencantos

      Novo Hamburgo (RS). O projeto promove aulas de coral para crianças, além de capacitação de professores e contratação de novos membros. Beneficia 60 crianças e adolescentes.

    • Central Única das Favelas (CUFA) - Centros de Inclusão Social

      Itatiba do Sul (RS). Projeto que reúne atividades esportivas e culturais, oficinas de inclusão digital para jovens e crianças do município. Beneficia 500 crianças e adolescentes.

    • Central Única das Favelas (CUFA)

      Nonoai (RS). Núcleos de Inclusão Social: promove oficinas de ballet, educação física, circo, música, fotografia, grafite e comunicação.

    • Casa da Criança de Taquarituba

      Taquarituba (SP). Projeto Brincando e Aprendendo: realização de atividades artísticas, culturais, esportivas e lúdicas.

    • Creche Berçário Dr. Leocádio Corrêa

      Bauru (SP). Esporte é Brincadeira Séria: viabilizar a realização e atividades físicas e recreativas para crianças de 1 a 5 anos de idade, contribuindo em seu desenvolvimento físico e psicológico. Beneficia 128 crianças e adolescentes.

    • Instituto Fausto Giannecchini

      Franca (SP). Esporte e Educação: aulas de basquete no turno escolar oposto. Beneficia 240 crianças e adolescentes.

    • Seleção Bauru de basquete [execução em 2022]

      Bauru (SP). Projeto de aulas de basquete no turno escolar oposto que beneficiará 100 crianças e adolescentes.

    • Instituto Esportivo Social

      Americana (SP). Projeto: prática de atletismo para crianças e adolescentes, beneficiando cerca de 60 crianças e adolescentes.

    • Instituto Compartilhar

      Campinas (SP) e Itu (SP). Projeto que atua no desenvolvimento social e humano por meio de aulas de vôlei no turno escolar oposto. São atendidas 216 crianças e adolescentes em Campinas e 256 em Itu.

    • Programa de Integração Cura (PIC)

      Jundiaí (SP). Projeto de aulas de ginástica rítmica no turno escolar oposto que beneficia 140 crianças e adolescentes.

    • Agência De Desenvolvimento Econômico Social (ADES)

      Sorocaba (SP). Projeto que atua no desenvolvimento social e humano por meio de aulas de skate, handebol e basquete para 150 crianças.

  • Semear

    projeto corporativo de voluntariado

    O programa foi essencialmente estruturado para facilitar a atuação voluntária dos colaboradores do Grupo CPFL, alinhar as ações e promover desenvolvimento de todos os públicos envolvidos, interna e externamente. O principal objetivo do programa é disseminar a cultura de voluntariado, criando um movimento participativo que engaje os colaboradores e parceiros em ações sociais capazes de mudar a realidade e contribuir para o desenvolvimento das comunidades onde a CPFL atua. Anualmente, cerca de 10 ONGs recebem um repasse de verbas que será utilizado durante o ano para a execução de projetos e outras iniciativas desenvolvidas pelos voluntários.

    • Campinas (SP) ONG: Há Esperança

    • Itapira (SP) ONG: Educandário Nossa Senhora Aparecida

    • Jundiaí (SP) ONG: Associação Sítio Algar

    • Sorocaba (SP) ONG: Associação Amigos dos Autistas de Sorocaba

    • Araraquara (SP) ONG: Centro Comunitário Nossa Senhora do Carmo

    • São José do Rio Preto (SP) ONG: Clube Amigo dos Deficientes

    • São José do Rio Pardo (SP) ONG: Associação Mobilizando Amigos pelo Amor

    • São Leopoldo (RS) ONG: Instituto Educacional Espírita

    • Santa Rosa (RS) ONG: Associação de Pais e Amigos dos Deficientes Auditivos